Arquivo da tag: suspensão do carro

molas-esportivas

Molas esportivas: dicas de instalação

Por: Gabriela Rabinovici

O sistema de suspensão conecta o veículo às rodas, sendo responsável pela estabilidade, pela absorção de impactos e pelo aumento do atrito entre os pneus e o solo.

As molas fazem parte desse sistema e ajudam a sustentar o peso, controlar a altura do veículo e absorver melhor os impactos e diferenças no asfalto. Para quem deseja rebaixar o carro com segurança, as molas esportivas são a melhor opção.

Elas estão disponíveis para compra nas mais diferentes marcas e características, no entanto, é preciso escolher um jogo de molas que se adapte perfeitamente ao veículo. Com elas, é possível abaixar o carro entre 3 a 4 centímetros (média indicada ao rebaixamento seguro).

Mas como instalá-las?

– O primeiro passo é verificar se o código atende às especificações de aplicação para seu veículo;

– Em seguida, é preciso substituir os batentes originais pelos que compõem o kit;

– As molas devem ser encaixadas na posição correta para evitar mau funcionamento e possíveis ruídos;

– Depois de instaladas é preciso testar o veículo para ver se está tudo em ordem;

– É recomendado ainda, realizar o alinhamento, já que a geometria da suspensão foi alterada;

– Para garantir qualidade na instalação, escolha um profissional especializado no assunto para realizar o serviço.

Atenção!

– Cortar as molas é uma das maneiras mais conhecidas para rebaixar o carro. Essa prática não é recomendada pelas montadoras, pois diminui a estabilidade do veículo e danifica outras peças da suspensão;

– Antes de trocar as molas do seu carro, verifique junto ao Detran do seu estado qual é o procedimento para regularizar a alteração.

Substituição:

Caso não estejam em perfeitas condições, o correto é que as molas esportivas sejam substituídas. Por isso, fique atento a pontos de ferrugem nos elos da mola, coxim do amortecedor danificado, partes descascadas ou trincadas e sensação de forte impacto ao passar em desníveis. Não negligencie a revisão!

Conte com a Widmen para instalar as molas esportivas do seu carro com qualidade e eficiência.

Saiba mais:

Fique por dentro:

Tipos de carrocerias dos carros. Qual o ideal para você?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/tipos-de-carrocerias-dos-carros-qual-o-ideal-para-voce/

Como rebaixar o carro dentro da lei:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/como-rebaixar-o-carro-dentro-da-lei/

bandeja suspensao

Bandeja de suspensão: saiba quando trocar

Por: Gabriela Rabinovici

O sistema de suspensão é composto por amortecedores e molas, sendo responsável pela estabilidade do veículo e por aumentar o atrito entre os pneus e o solo. É esse sistema que garante a segurança e conforto dos ocupantes do carro.

A bandeja de suspensão ou balança é a peça que une a roda com o chassi do carro, permitindo apenas, o movimento vertical. É ela que ajuda a evitar os solavancos do veículo.

Na bandeja estão presentes as buchas de borracha que minimizam o atrito das peças. Quando a bandeja começa a apresentar danos, as buchas começam a se deteriorar, apresentando folgas e ruídos, perdendo assim, sua eficiência. Além dos ruídos frequentes, o alinhamento do veículo também pode ser impactado. Por isso, a importância da troca da badeja.

Mas qual é o prazo certo?

A inspeção preventiva do sistema é recomendada a cada 40 mil quilômetros rodados, mas no caso de problemas na bandeja de suspensão, a troca imediata da peça é a opção mais indicada. Folgas e ruídos durante a direção significam que a peça já não desempenha seu papel com a mesma segurança e eficiência.

Por isso, não protele a troca, pois caso o problema se agrave, há risco de provocar desgaste precoce nos pneus, desconforto e riscos para os ocupantes do veículo. Evite deixar o conserto para ocasiões pontuais, como uma viagem, por exemplo.

Dica:

Utilize sempre peças originais e renomadas, pois peças de qualidade inferior podem se desgastar de maneira muito mais rápida, danificando também outros componentes que trabalham em conjunto.

Procure um profissional de confiança para realizar a manutenção do sistema de suspensão do seu carro. A Widmen é a mecânica geral mais indicada, pois possui as melhores marcas de bandejas de suspensão do mercado.

Visite uma de nossas unidades localizadas no Rio de Janeiro e Niterói. Esperamos por você!

Fique por dentro:

Como manter a estabilidade do veículo e a suspensão em dia:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/como-manter-a-estabilidade-do-veiculo-e-a-suspensao-em-dia/

A importância do alinhamento automotivo:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/a-importancia-do-alinhamento-automotivo/

suspensao

Como manter a estabilidade do veículo e a suspensão em dia

Por: Gabriela Rabinovici

O sistema de suspensão é composto por diversos componentes, entre eles, amortecedores, molas, batentes, coxins e bandejas. Estes itens absorvem os fortes impactos das pistas irregulares, sendo responsáveis pela estabilidade do veículo e por aumentar o atrito entre os pneus e o solo, garantindo também, a segurança e conforto dos ocupantes do carro.

O que muitos não sabem é que o bom estado dos componentes da suspensão depende da forma com que o motorista conduz e cuida do carro. Trafegar frequentemente por vias esburacadas, passar por lombadas em alta velocidade, transportar cargas em excesso e rebaixar a suspensão são algumas das práticas a serem evitadas.

O prazo das manutenções também deve ser respeitado. Revisar todo o sistema é muito importante para manter a correta estabilidade do veículo e evitar diversos problemas como: ruídos, direção “puxando” para um lado, vibrações no volante e vazamento de óleo do amortecedor. O ideal é verificar o conjunto a cada 10 mil ou 15 mil quilômetros, assim como alinhar a direção e balancear as rodas.

Siga essas dicas:

– A troca preventiva dos amortecedores é indicada antes dos 40 mil quilômetros. Para as molas helicoidais, a substituição é feita com 60 mil quilômetros e para os feixes de mola aos 70 mil quilômetros;

– Fique de olho nos pneus. Desgaste irregular pode significar que há falhas na suspensão. Neste caso, leve imediatamente o veículo a uma mecânica especializada;

– Evite trafegar por vias esburacadas;

– Reduza o excesso de carga no veículo;

– Evite passar por lombadas na diagonal;

– Não rebaixe o automóvel.

Procure um profissional de confiança para realizar a manutenção do sistema de suspensão do seu carro. A Widmen é a mecânica geral mais indicada, que possui as melhores marcas de bandejas de suspensão do mercado. Visite uma de nossas unidades localizadas no Rio de Janeiro e Niterói. Esperamos por você!

Leia mais:

Amortecedor danificado causa cansaço do motorista:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/amortecedor-danificado-causa-cansaco-do-motorista/

Qual é a diferença entre alinhamento e balanceamento?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/qual-e-a-diferenca-entre-balanceamento-e-alinhamento/

carro suspensão

Barulho na suspensão? Revisão geral pode identificar a causa

Por: Gabriela Rabinovici

Quem nunca teve problemas com ruídos no veículo sem saber o porquê? Muitas pessoas ao ouvir o barulho na suspensão, acreditam que é proveniente do amortecedor, mas só um check-up completo feito por um profissional especializado pode diagnosticar o problema.

Além dos amortecedores, outros componentes da suspensão como molas, buchas, coxim do amortecedor, braço oscilante ou bandeja, pivô, batente e barra estabilizadora podem sofrer avarias devido aos impactos provocados pelas irregularidades da pista.

O batente, por exemplo, quando comprometido, gera ruídos e acelera o desgaste da mola e amortecedor. Vale mencionar ainda, que o sistema de direção também deve ser inspecionado para que sejam identificados possíveis problemas.

O bom estado dos componentes da suspensão também depende da forma com que o motorista conduz e cuida do carro. Entre as principais dicas para conservar o sistema de suspensão estão:

– Evitar trafegar por vias esburacadas;

– Reduzir o excesso de carga no veículo;

– Evitar passar por lombadas na diagonal;

– Não rebaixar o automóvel.

Atenção!

Alguns motoristas ignoram os sinais e preferem continuar a trafegar com ruídos no veículo. Isso pode ser perigoso e custar caro, pois um simples problema não resolvido a tempo pode implicar na troca de todos os itens da suspensão. Além disso, há risco de provocar desgaste precoce nos pneus, problemas na direção, desconforto e riscos para os ocupantes do veículo. Evite deixar a revisão completa para ocasiões pontuais, como uma viagem, por exemplo.

Lembre-se: se o veículo possui mais de 40 mil quilômetros rodados ou caso apareça algum ruído suspeito no seu carro, o melhor a fazer é ir de imediato à uma mecânica geral. Suas informações serão cruciais para o profissional achar a origem do ruído mais facilmente.

Evite ruídos desagradáveis! Faça a manutenção periódica do seu veículo na Widmen! Estamos localizados no Recreio, Barra, Botafogo, Tijuca e Niterói.

Saiba mais:

Desgaste na embreagem: como evitar?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/desgaste-na-embreagem-como-evitar/

Amortecedor danificado causa cansaço do motorista:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/amortecedor-danificado-causa-cansaco-do-motorista/

suspensao carro

Tire suas dúvidas sobre o funcionamento do sistema de suspensão

Por: Gabriela Rabinovici

O sistema de suspensão conecta o veículo às rodas, sendo responsável pela estabilidade, pela absorção de impactos e pelo aumento do atrito entre os pneus e o solo. Composto por molas e amortecedores, ele auxilia ainda no desempenho do carro e proporciona o conforto de todos os ocupantes, pois diminui as vibrações causadas pelo movimento do veículo.

Conheça os três tipos principais de suspensão e como é o funcionamento de cada um:

Suspensão fixa:

É composta por quatro amortecedores e quatro molas preparadas. Com esta opção, o carro é rebaixado a uma altura fixa, sem opção de regulagem, ideal para quem dirige em pistas regulares, sem muitos buracos. Ela é muito utilizada em carros de tuning e de alta performance por oferecer conforto e segurança nas curvas. Modelos de alto luxo como da Land Rover, por exemplo, utilizam essa suspensão.

Suspensão de rosca:

Também conhecida como Coilover, ela é composta por um tubo roscado e flange, que juntos são ligados aos amortecedores ou diretamente no eixo traseiro do veículo, permitindo a regulagem de altura. Entre as vantagens estão: menor custo de instalação, pouca diferença de peso e versatilidade, pois é feita para rodar em todos os tipos de terrenos.

Suspensão pneumática (a ar):

Conta com bolsas de ar que substituem as molas. Elas podem ser infladas para elevar a altura ou desinfladas para abaixar o veículo. O circuito ainda é composto por tanque de ar comprimido, solenoides, manômetro, mangueiras e compressor e pode ser controlado por sensores ou pelo motorista por meio de controle remoto. Trata-se de uma suspensão cara e de instalação demorada. Vale mencionar que não é recomendada para carros rebaixados, pois há mais contato do veículo com o solo.

O que vai definir a melhor suspensão para o seu carro é a maneira como você irá utilizá-la. Venha até a Widmen! Nossos profissionais especializados podem te ajudar a fazer a melhor escolha!

Fique por dentro:

Pneus 4×4: conheça as diferenças para carros on-road e off-road:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/pneus-4×4-conheca-as-diferencas-para-carros-on-road-e-off-road/

Conheça os 4 tipos de pastilhas de freio:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/conheca-os-4-tipos-de-pastilhas-de-freio/

carro suspensão

Quando realizar a revisão no sistema de suspensão do carro?

Por: Gabriela Rabinovici

O sistema de suspensão é composto por amortecedores e molas, sendo responsável pela estabilidade do veículo e por aumentar o atrito entre os pneus e o solo. É esse sistema que garante a segurança e conforto dos ocupantes do carro.

O que muitos não sabem é que o bom estado dos componentes da suspensão depende da forma com que o motorista conduz e cuida do carro. Trafegar frequentemente por vias esburacadas, passar por lombadas em alta velocidade, transportar cargas em excesso e rebaixar a suspensão são algumas das práticas a serem evitadas.

O prazo das manutenções também deve ser respeitado. Revisar todo o sistema é muito importante para manter a correta estabilidade do veículo e evitar diversos problemas como: ruídos, direção “puxando” para um lado, vibrações no volante e vazamento de óleo do amortecedor. O ideal é verificar o conjunto a cada 10 mil ou 15 mil quilômetros, assim como alinhar a direção e balancear as rodas.

Dicas:

– A troca preventiva dos amortecedores é indicada antes dos 40 mil quilômetros. Para as molas helicoidais, a substituição é feita com 60 mil quilômetros e para os feixes de mola aos 70 mil quilômetros;

– Fique de olho nos pneus. Desgaste irregular pode significar que há falhas na suspensão. Neste caso, leve imediatamente o veículo a uma mecânica especializada.

Alguns motoristas ignoram os sinais e preferem continuar a trafegar com o carro avariado. Isso pode ser perigoso, pois aumenta a distância de arraste do veículo após uma freada. Posteriormente, isso pode implicar na troca de todos os itens da suspensão, por isso, quanto antes procurar uma oficina mecânica especializada, melhor.

A Widmen é a mecânica geral mais indicada, pois possui as melhores marcas de peças do mercado. Visite uma de nossas unidades localizadas no Rio de Janeiro e Niterói. Esperamos por você!

Leia mais:

Cuidados necessários ao tunar o carro:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/cuidados-necessarios-ao-tunar-o-carro/

Tração do pneus: como funciona?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/tracao-do-pneu-como-funciona/