Os problemas causados pelo excesso de sujeira no carro

Deixar o carro sujo é habitual para muitos motoristas. Quem trafega diariamente em locais com lama não vê muita necessidade em lavar o carro periodicamente, já que logo ele estará sujo novamente. Pessoas que deixam a sujeira acumular aos poucos também estão cometendo um grave erro. Se a lavagem não for feita, pelo menos, uma vez por mês ou a cada quinze dias, o veículo pode trazer prejuízos no que diz respeito à manutenção.

O polimento da carroceria também deve ser feito de quatro a duas vezes ao ano. Se quiser garantir o brilho, o serviço deve ser feito a cada três ou seis meses.

É importante saber que determinados tipos de sujeira devem ser removidos imediatamente, como é o caso da maresia, fezes de aves e líquido que pinga de lajes com risco da pintura ser avariada. Além disso, barro e poeira acumulados provocam arranhões na lataria, faróis e vidros, urina de cachorro é ácido e oxida os materiais das rodas. Os discos de freio também ganham ranhuras ao longo do tempo, devido às impurezas e o limpador de para-brisas deve ser umedecido regularmente.

Não lave o motor!

Nenhum fabricante recomenda a lavagem do motor. Os conectores dos equipamentos eletrônicos podem ser danificados, caso recebam água. Se houver grande necessidade, uma oficina mecânica especializada deve fazer o serviço de limpeza do motor, pois sabe quais peças devem ser protegidas.

Curiosidade:

O carro sujo gasta mais combustível em longas viagens ( em torno de 7%). Isso acontece, porque há o aumento do atrito entre o ar e a carroceria suja do veículo.

Mantenha o seu carro sempre limpo!

Por: Gabriela Rabinovici

Leia mais:

Lavagem do motor merece cuidados:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/lavagem-do-motor-merece-cuidados/

O que fazer se entrar água no carro?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/o-que-fazer-se-entrar-agua-no-carro/