preço-da-gasolina

De olho no preço da Gasolina

Por: Gabriela Rabinovici

O combustível é uma das despesas que mais pesa para o consumidor brasileiro. Segundo o levantamento da ANP, entre os dias 14 e 20 de abril, no Brasil o litro de gasolina avançou 0,59%, de R$ 4,402 para R$ 4,428. Já o preço do litro do diesel caiu 0,05%, de R$ 3,551 para R$ 3,549. Ainda conforme os dados, o valor do litro do etanol avançou 2,13% no período, de R$ 2,908 para R$ 2,970. 

O preço da gasolina teve alta, o número foi alcançado depois do último reajuste da Petrobras, que aumentou o valor do combustível em 2,046%. No acumulado do ano, o preço da gasolina já subiu 1,93% e o do diesel avançou 2,84%. O etanol teve alta de 4,9%.

Com isso, o preço da gasolina subiu, nas refinarias este ano, de R$ 1,5087 o litro, no início de janeiro, para R$ 1,975 neste mês. Este é o maior valor desde 30 de outubro de 2018, quando o combustível estava cotado em 1,9855 real, segundo dados publicados anteriormente pela Petrobras.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, esse reajuste se dá 18 dias após o último e representa um aumento de R$ 0,0396 por litro.

Mudança na divulgação dos preços:

A estatal anunciou uma mudança na divulgação dos seus preços de combustíveis. A Petrobras decidiu passar a publicar em seu site os valores dos combustíveis em todos os seus pontos de venda, e não mais a média como fazia anteriormente.

Segundo a Petrobras, a mudança na publicação dos preços atende a pedidos do mercado e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que se queixavam de que a média nacional não dava a transparência necessária sobre como a petroleira estava atuando em seus pontos de venda.

Leia mais:

Dicas para evitar que o carro seja reprovado por gases poluentes na vistoria do Detran:

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/dicas-para-evitar-que-o-carro-seja-reprovado-por-gases-poluentes-na-vistoria-do-detran/

Troca de óleo a vácuo ou convencional? Qual é a melhor opção?

https://www.widmen.com.br/dicasautomotivas/troca-de-oleo-a-vacuo-ou-convencional-qual-e-a-melhor-opcao/